10 de outubro de 2012

620.

Recriação do ciclo do Linho - 2 / Espadelar

7 comentários:

Vento disse...

espadanar = pentear [será?!...], até ficar como o que está na banqueta, lá atrás?!
gosto destes momentos, fazem renascer vontades, vontades de rebuscar o que de bom está adormecido, da riqueza do nosso passado
a par do avanço poderoso das novas técnicas, da substituição das pessoas pelas máquinas, sinto a luta das gentes simples pela sobrevivência na recuperação destas artes tão nossas e bonitas que também fizeram a nossa história.
depois estas blusas lindas de florzinhas e rendas nas bainhas trazem-me em nostalgia o passado de menina: as avós lindas :))
obrigada CR, por estes momentos de matar saudade:))

beijo.

Sweet disse...

Maravilha de imagem, CR. Daquelas que vale sempre a pena fotografar por serem tão raras hoje em dia.
Abraço

ñOCO Le bOLO disse...


· Esta foto, y la anterior ¿que hermosos oficios y expresiones!
La anterior, de la ría de Aveiro, supongo, es todo plasticidad.

· abraços

CR· & ·LMA
________________________________
·

A Luz A Sombra disse...

Gosto da recriação destes momentos do passado, e olho as toalhas de linho caseiro que tenho de minha avó!
Como a vida era difícil!
O mais interessante é que por vezes fico a olhar as rendas de bilros, os bordados, e penso como foi possível fazer aquelas obras de arte, á luz das velas...!
Hoje são obras caríssimas!
As que se fazem hoje já não são em linho puro.
Lindas fotografias CR!
Abraço

ZielonaMila disse...

Fantastic photograph. I am greeting

M disse...

É enternecedor lembrar estes momentos, olhar as toalhas de linho da minha avó e imaginar o trabalho que davam...
Bela fotografia, regresso ao passado sem dúvida!!!
1 abraço

Rute disse...

Estas fotografias são verdadeiras relíquias! Guarda-as bem CR.

1 bj